Projeto facilita recebimento do seguro-desemprego no período da quarentena

A pandemia do coronavírus forçou milhões de brasileiros a ficar em casa, assim como também ocasionou o fechamento de estabelecimentos como as Agências do Trabalho, responsáveis pelo processo do seguro-desemprego.

Então o brasileiro se vê diante de uma problemática: o aumento do índice de desemprego e a impossibilidade de ir até uma agência realizar a solicitação do seguro-desemprego.

Por isso, o Governo precisou desenvolver medidas para que os trabalhadores que acabaram de ficar desempregados possam tr acesso ao auxílio.

Muitos brasileiros já estavam desempregados antes mesmo da crise do coronavírus chegar ao Brasil e esse número só aumentou de março para cá. A expectativa é que mais de 25 milhões de pessoas ainda passem a fazer parte da lista de desempregados, e esse público que já se encontra em situação de fragilidade econômica, não pode ir até as Agências do Trabalho dar entrada no seguro.

Pensando nisso, o Governo elaborou um projeto que facilita a solicitação para que você possa receber Seguro Desemprego se você foi demitido durante o coronavírus. Mas antes, é preciso enfatizar quem tem direito ao seguro. Os requisitos para recebimento são:

  • Possuir, no mínimo, 9 meses de tempo de serviço;
  • Ter sido dispensados de suas funções sem a apresentação de justa causa;
  • Solicitar o benefício no período de 7 a 120 dias.

Se você está dentro desses requisitos significa que pode fazer a solicitação do seguro desemprego e receber entre 3 e 5 mensalidades dependendo do seu tempo de serviço. Vamos descobrir agora em quais plataformas você pode encontrar o atendimento para realizar a sua solicitação. São elas:

  • O site gov.br/trabalho;
  •  Ou pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e IOS.

Depois de selecionar por qual plataforma você estará realizando a sua solicitação, será preciso reunir os seus documentos pra preencher os dados exigidos. Por isso, tenha em mãos:

  • CPF;
  • RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Requerimento do seguro-desemprego.

Vale mencionar que o requerimento do seguro-desemprego deve ser emitido pelo empregador, portanto, solicite com o responsável o quanto antes. Quando esses documentos estiverem coerente, você poderá dar entrada no processo. Veja os passo a seguir:

  • Crie um login e uma senha na plataforma escolhida para iniciar o processo;
  • Acesse o serviço do seguro-desemprego;
  • Busque pela opção de requerer o seguro;
  • Informe e localize o número de requerimento do seu benefício;
  • Cheque as informações e clique em “concluir”.
  • Confirme a solicitação e verifique os dados oferecidos pelo órgão como data de saque e parcelas a receber.